quinta-feira, 24 de Abril de 2014

172 - Carne de vaca com cogumelos

O prazer de comer é o meu grande pecado, o problema é que nunca desenvolvi o gosto por legumes. Os meus pais bem tentavam que eu comesse a sopa mas eu tinha as ideias mais brilhantes para me desfazer da sopa sem a comer, ou para não colocar a porção de legumes no meu prato.
Tendo noção que esta minha afronta aos legumes (essencialmente cozidos) e outros ingredientes só a mim prejudica, assim tenho me esforçado para experimentar uma variedade de sabores que à partida receio não gostar.
Estes dias acrescentei à salada cebola doce e pepino e não desgostei. O pepino já tenho colocado nas saladas mas só o meu marido o come e a cebola costumo colocar na salada picada. Desta vez, cortei em rodelas e comi e não me pareceu assim tão intragável como imaginei.
Estou receosa em experimentar, mas o próximo na lista das variedades serão os brócolos cozidos. Estes realmente me deixam desconfortável, só de imaginar a comer, mas até posso ter uma surpresa (ou não).
A questão é alargar os meus sentidos a uma nova variedade de sabores que à partida imagino que os vou odiar. 
Quando era mais nova não comia iogurtes porque odiava, agora adoro. O mesmo acontece com os cogumelos, a batata doce, a couve roxa e os recentes pepino e cebola.

Hoje publico uma receita que adoro e que para mim o ingrediente especial são os cogumelos, quantos mais melhor.

Ingredientes:

  • 400g de carne de vaca cortada em pedacinhos
  • 1 colher de manteiga
  • 2 dentes de alho
  • 1 folha de louro
  • 2 c. sopa de polpa de tomate
  • 150ml de vinho branco
  • lata de cogumelos laminados (embalagem de 335gr)
  • sal e pimenta q.b.


Preparação:

Numa panela, leve ao lume a manteiga, os alhos e a folha de louro, deixe estrugir. Junte a carne, tempere com sal e pimenta e deixe fritar a carne até criar cor.
Adicione a polpa de tomate misturado com o vinho branco e os cogumelos escorridos, mexa e deixe cozinhar por aproximadamente 10 minutos.
Sirva com arroz frito.

http://preguicanacozinha.blogspot.pt/

terça-feira, 22 de Abril de 2014

171 - Peitos de frango com limãohttp://preguicanacozinha.blogspot.pt/

Esta receita é uma das minhas preferidas para fazer com peitos de frango. Gosto do sabor, do tempo de preparo e dos comentários dos que provam.

Como tem todos os ingredientes saudáveis permitidos na dieta dukan, pode-se consumir na primeira fase de ataque se não comer a cebola nem as azeitonas e com todos os ingredientes nas outras fases da dieta.

http://preguicanacozinha.blogspot.pt/


Ingredientes:

  • 4 peitos de frango
  • 2 limões
  • 1 cebola vermelha
  • 2 dentes de alho
  • 3 fatias de bacon
  • 2 c. sopa de azeitonas pretas descaroçadas
  • alecrim q.b.
  • 1 c. sopa de azeite
  • 1/4 copo vinho branco
  • sal e pimenta q.b.
Preparação:

Ligar o forno a 200.º C. Corte um peito de frango em três filetes. Coloque os outros peitos de frango previamente arranjados (retirar gorduras) numa travessa de ir ao forno. Tempere-os com sal, pimenta e coloque por cima de cada um a fatia de bacon e o filete de frango cortado. Tempere, novamente com sal, pimenta e o alho em rodelas ou picadinho. Corte os limões e as azeitonas em fatias e as cebolas em quartos e disponha tudo por cima dos peitos de frango. Regue com a conher de azeite e o vinho branco e polvilhe com alecrim.
Leve ao forno, durante cerca de 20 minutos, vá regando com o molho que se forma no fundo do prato.
Sirva quente com salada de frutas e arroz branco frito.

http://preguicanacozinha.blogspot.pt/

segunda-feira, 21 de Abril de 2014

170 - Pudim de leite condensado

Gosto de cozinhar, mas sou adepta do fácil e rápido e a receita que publico hoje reúne ambos os adjetivos, além de ser muito doce.

Ingredientes:

  • 6 ovos
  • 1 lata de leite condensado
  • a mesma medida da lata de leite de vaca
  • pistácios para decorar 
  • caramelo de compra

Preparação:

Num recipiente misture bem os ovos, o leite condensado e o leite. Forre uma forma de pudim com bastante caramelo e verta o preparado na forma e leve ao forno em banho-maria a 180.ºC, durante 50 minutos. Após esfriar desenforme. Deixe escorrer o caramelo que está na forma sobre o pudim e decore com os pistácios.

http://preguicanacozinha.blogspot.pt/



domingo, 20 de Abril de 2014

169 - Bolo de Iogurte (Livro Pantagruel)

Em minha casa faço muitas vezes bolos de iogurte e até já postei aqui e aqui versões da minha receita, mas desta vez publico a receita que consta no livro Pantagruel.

Na receita original solicita 1/2 c. de chá de Cremor Tártaro (bitartarato de potássio que se comprava nas farmácias) que era o amparo das cozinheiras de antigamente para estabilizar as claras e aumentar o volume mais rapidamente, mas agora temos as nossas batedeiras elétricas que facilitam o trabalho e podemos sempre acrescentar 1 colher de sumo de limão ou vinagre e uma pedras de sal, por isso excluí este ingrediente.


Receita n.º 3698 Bolo de Iogurte

Ingredientes:

  • 1 iogurte
  • 3 medidas do iogurte de açúcar
  • 4 medidas do iogurte mal cheias de farinha
  • 1 medida do iogurte de óleo
  • 5 ovos
  • 1 c. de chá de fermento em pó
  • 1 pitada de baunilha em pó


Preparação:

Bate-se o açúcar com o iogurte e, sem parar de bater, juntam-se primeiro as gemas, uma a uma, depois o óleo e por fim a baunilha e a farinha peneirada com o fermento. Envolve-se nas claras batidas em castelo muito firme, sem tornar a bater. Coze-se em forma bem untada.

http://preguicanacozinha.blogspot.pt/

http://preguicanacozinha.blogspot.pt/


sábado, 19 de Abril de 2014

168 - Coquinhos da minha mãe

Sou uma grande apreciadora de coquinhos. Para mim, trazem-me lembranças de infância, era uma das deliciosas sobremesas que a minha mãe fazia ao fim de semana para a família. 

Eu lembro-me da minha mãe encher as forminhas com o preparado e eu e as minhas irmãs a surripiar para o nosso estômago, mesmo antes de ir ao forno.

Não sei a razão de não ter confecionado em minha casa os coquinhos antes, mas um destes dias liguei com a minha mãe e pedi-lhe a receita. A quantidade de açúcar é a gosto, eu pus 200gr porque gosto dos coquinhos bem doces, mas podem reduzir à quantidade. Para a minha mãe o segredo é a manteiga, para ficarem mais húmidos deduzo eu.

Agora que fiz em casa estou com novas ideias, colocar chocolate no fundo ou substituir o limão por laranja ou baunilha. Até estou com ideias de trocar o açúcar por adoçante para experimentar o sabor.

http://preguicanacozinha.blogspot.pt/


Ingredientes:
  • 200 gr de coco ralado
  • 200 gr de açúcar
  • 4 ovos inteiros
  • sumo de 1 limão
  • 2 colheres de manteiga derretida
  • forminhas de papel


Preparação:

Ligar o forno a 200.º C. Numa tigela misturar todos os ingredientes até obter uma massa homogénea. 
Seguidamente dispor porções nas forminhas de papel e levar ao forno até dourarem. 

http://preguicanacozinha.blogspot.pt/


quarta-feira, 26 de Março de 2014

167 - Bolachas Húngaras

Sou uma apaixonada por bolachas e biscoitos, porque são doces e porque são fáceis de transportar na mala. Sempre que faço uma viagem mais longa tento sempre levar comigo umas bolachas, assim se a fome apertar tenho sempre comigo um pequeno lanche. 
De longe as minhas bolachas preferidas são as Bolachas Húngaras que se vendem nas pastelarias. Procurei na Internet mas são tão variadas as receitas que optei por questionar na pastelaria como se faziam, a menina que me atendeu achou super piada à minha pergunta e, sem dizer as quantidades de cada ingrediente, disse-me os ingredientes.
Disse-me que além da manteiga e da farinha, levava gemas cozidas e o açúcar era em pó, não era bem a resposta que eu esperava mas foi um começo para me orientar, pois uma boa parte das receitas que tinha imprimido da Internet não levava estes ingredientes e levava outros como leite.
Escolhi esta receita que me pareceu mais provável, do blog Pratos & Travessas e as bolachas revelaram-se iguais às que se compram nas pastelarias. É das receitas que vou deixar no topo da capa para fazer mais vezes.

Excluí a essência de baunilha por opção e utilizei manteiga vaqueiro com sal. Por experiência sei que se pintar com uma gema as bolachas antes de ir ao forno ficam mais bonitas, mas desta vez não o fiz. 
Para derreter o chocolate utilizei uma taça e o microondas, mas é necessário ter atenção para não queimar o chocolate. Não vou definir tempo porque a potência do microondas nem sempre é igual de marca para marca, mas pode experimentar um pedacinho primeiro e logo verá como derreter.

Os cortantes que utilizei foram-me oferecidos pela minha irmã e eu simplesmente adorei. São cortantes especiais que dão um formato à bolacha para ficar como marcador de copo. Lindos.

http://preguicanacozinha.blogspot.pt/


Ingredientes:
  • 250 g de farinha de trigo sem fermento (T55)
  • 170 g manteiga à temperatura ambiente
  • 45 g de farinha de Maizena (amido de milho)
  • 150 g de açúcar em pó
  • 6 gemas de ovos cozidos (tamanho M)
  • 200 gr de chocolate de culinária


Preparação:

Forrar o tabuleiro do forno com papel vegetal ou tapete de silicone.
Misturar todos os ingredientes dentro de um processador até formar uma bola de massa.
Envolver em papel aderente e levar ao congelador durante 20 minutos.
Ligar o forno a 170.º C e estender a massa numa superfície enfarinhada, cortar as bolachas com meio centímetro de espessura e dispor as bolachas no tabuleiro com algum espaço entre elas. 
Levar o tabuleiro ao forno durante 15 minutos. As bolachas não terão muito firmeza quando saírem do forno, no entanto após arrefecerem ficarão firmes.
Derreter o chocolate em banho maria  ou no microondas e mergulhar as bolachas individualmente no chocolate. Colocar numa rede até secar o chocolate.

http://preguicanacozinha.blogspot.pt/


segunda-feira, 24 de Março de 2014

166 - Lasanha à Bolonhesa

Com o tempo a arrefecer novamente só apetece comida quentinha a sair do forno. Assim surgiu a Lasanha à Bolonhesa na minha mesa. É uma versão minha, pois é diferente da verdadeira Lasanha à Bolonhesa, eu retiro a cenoura e outros vegetais que só me faziam bem mas que não sou adepta do sabor. Esta é a maravilha de cozinhar em casa, podemos alterar as receitas a nosso bel-prazer e apenas consumir o que gostamos.
Não quer dizer que não comemos legumes cá em casa, comemos, mas preferimos em sopas ou crus em saladas. O que foi exatamente o que aconteceu com esta receita não coloquei a cenoura na confeção da carne, mas servi a Lasanha com uma boa salada de alface iceberg e muita cenoura crua ralada.

Uma particularidade engraçada que tenho verificado nas várias receitas de lasanha que vejo, é com que camada começar a lasanha, há quem comece com uma camada de carne, de manteiga, de azeite, de massa,..., eu sou do grupo que começa às camadas com molho ou de natas ou bechámel conforme o molho que utilizo na receita e logo de seguida coloco a massa, depois mais molho, a carne, o queijo ralado e volto à massa e sempre assim consecutivamente até por fim colocar o molho e muito queijo ralado. 

O queijo que prefiro para esta receita é queijo mozzarella, mas já fiz com flamengo e também gostei.

Nesta receita acrescentei o cubo Knorr para bifes, mas normalmente não o faço e fica igualmente bom. Com o acréscimo do cubo Knorr diminui a quantidade de sal e pimenta.

Esta receita é super simples e rápida o que a torna uma vencedora para cozinhar ao fim do dia depois de uma jornada de trabalho, o motivo é massa de lasanha prontas a ir ao forno sem pré cozedura. Já existe de várias marcas, até mesmo da marca do supermercado. Eu sempre compro com ovo.


http://preguicanacozinha.blogspot.pt/
Lasanha à Bolonhesa
Preguiça na Cozinha

Ingredientes:
  • 1 lata de cogumelos escorridos
  • 400 g carne picada de bovino
  • 1/2 cebola
  • 1 de dente de alho
  • 1 colher de azeite
  • 100 g de bacon
  • 2 colheres de sopa de polpa de tomate
  • 1 dl de vinho branco
  • 1 cubo Knorr molho para bifes
  • sal e pimenta
  • salsa fresca picada q.b.
  • 400ml de molho de béchamel
  • 150gr queijo ralado mozzarella
  • folhas de lasanha com ovo

Preparação:

(Carne)

Pique finamente a cebola e o dente de alho e leve a estrugir com o azeite. Quando a cebola estiver translucida acrescente o bacon e os cogumelos também picados e a carne, deixe alourar. 
Adicione a polpa de tomate diluída no vinho branco, a salsa picada e o caldo de carne desfeito.
Deixe cozinhar em lume brando durante cerca de 15 minutos e retifique temperos. 

(Confeção da Lasanha)

Verta num tabuleiro 1 ou duas colheres de béchamel, cubra com folhas de pasta de lasanha e regue com mais um pouco de béchamel, acrescente generosamente a carne e cubra com uma colher de sopa de queijo ralado, repita a operação a partir da massa de lasanha até esgotar a carne e termine com uma camada de massa de lasanha, regada generosamente com béchamel e polvilhada com o resto do queijo ralado. Leve a gratinar ao forno durante cerca de 20 minutos. 
Convém estar atento ao forno para não queimar a superfície, se necessitar cubra com uma folha de alumínio o topo e deixe terminar o tempo. 


http://preguicanacozinha.blogspot.pt/

sexta-feira, 14 de Março de 2014

165 - Costeletas à Salsicheiro

Em minha casa não pode faltar costeletas, é a carne de desenrasque para o meu marido quando não estou em casa ou quando é ele que tem que cozinhar.

Então com a arca cheia de costeletas e sem vontade de as comer simplesmente grelhadas fui questionando o que devia fazer com elas. Por coincidência a ementa diária no café ao lado do meu trabalho era Costeletas à Salsicheiro. Não tive que pensar mais, a receita é bem simples, tinha todos os ingredientes em casa e ia aproveitar umas salsichas de aves que estava no frigorífico.

Faço sempre com pouco molho, mas se preferirem acrescentem mais vinho.

Ingredientes:
  • 2 costeletas do cachaço
  • azeite
  • 1 dente de alho
  • 1 cebola pequena
  • salsichas de aves
  • 1 lata de cogumelos (pequena)
  • 2 colheres de sopa de polpa de tomate
  • 60 ml de vinho branco
  • sal fino e pimenta a gosto

Preparação:

Na frigideira coloca-se um fio de azeite, o alho cortado em rodelinhas e a cebola cortada em meias lua, quando a cebola estiver translucida, acrescenta-se e envolve-se os cogumelos.
Acrescentar o vinho, a polpa de tomate, temperar com sal e pimenta e colocar as costeletas a refogar dos dois lados. Acrescentar agora as salsichas cortadas às rodelas, mexe-se tudo muito bem e deixa-se cozinhar uns minutos. 
Retificar os temperos e servir quente.

http://preguicanacozinha.blogspot.pt/

quinta-feira, 13 de Março de 2014

164 - Compota de Morango

Com este tempo lindo, na minha hora de almoço saio para passear um pouquinho. Às quarta-feiras, perto do meu local de trabalho fazem uma feirinha e quando preciso vou comprar os frescos, que são mais baratinhos do que nos hipermercados.

Numa dessas vezes vi uns morangos a bom preço e comprei com intuito de fazer compota, segue a foto e a receita. Gosto de sentir os morangos na compota por isso não passo a varinha mágica para triturar, mas quem gostar mais liquido deve-o fazer.

Ingredientes:
  • 1Kg de morangos
  • 800g de açúcar branco
  • 1 limão (sumo e cascas grossas)
  • 1 pau de canela
Preparação:

Lave os morangos, retire o talo e as folhas e corte-os aos bocados para a panela que vai fazer a compota, acrescente o açúcar, o sumo e as cascas do limão, o pau de canela e deixe o preparado a repousar por uma hora.

Leve então ao lume médio a cozer, durante cerca de uma hora, mexendo de vez em quando e esmagando alguns morangos.

O tempo de cozedura depende do fogão e da temperatura deste, mas é possível ver a consistência colocando uma colher de compota num prato frio, atravessamos com uma colher de pau, se a compota ficar dividida está pronta.

Retire as cascas de limão e o pau de canela.

Por fim, ainda quente, coloca-se, com ajuda do funil das compotas, nos frascos previamente esterilizados (lavados, fervidos e secos) e feche bem com a ajuda de um pano, por fim vire os frascos, dentro de uma bacia de água morna, durante 24 horas para que estes façam vácuo, permanecendo assim conservadas por mais tempo.

http://preguicanacozinha.blogspot.pt/

quarta-feira, 12 de Março de 2014

163 - Bolachas com pepitas de chocolate

Bom dia,

Quase 10 meses depois cá estou eu. 

Primeiro quero agradecer as mensagens que recebi de preocupação, não aconteceu nada de grave, apenas não senti inspiração para escrever no blog, e sem inspiração escrever torna-se obrigação e não é por obrigação que escrevo aqui.

Sem explicação, de repente fiquei sem vontade de estar na minha cozinha e assim, durante este tempo, limitei-me ao básico e aos docinhos de compra.

O pior é que quando deixamos de despender tempo para fazer alguma tarefa logo outra vem ocupar o mesmo tempo, no meu caso o tempo da cozinha foi suplantado pelo tempo no sofá à frente da tv ou com tablet, o que não foi muito benéfico para mim.

Agora com a chegada do sol a vontade de estar na minha cozinha voltou e assim voltaram as receitas para partilhar convosco.

Hoje partilho a receita de Bolachas com pepitas de chocolate, super fáceis de fazer e muito deliciosas.

Baseado na receita publicada na revista Maria.

Ingredientes:

  • 250g de farinha
  • 125g de açúcar
  • 75g de manteiga
  • 1 ovo
  • raspa e sumo de um limão (utilizei raspas de compra e aroma de limão)
  • 75g de chocolate negro
  • 75g de chocolate de culinária
  • 75g de lascas de chocolate de leite
  • manteiga e farinha q.b. para untar e enfarinhar ou tapete de silicone


Preparação:

Ligue o forno a 190º C. Unte um tabuleiro com a manteiga e polvilhe com farinha. Misture, com o auxílio de uma batedeira, a farinha com o açúcar, junte a manteiga derretida levemente no microondas, o ovo e a raspa de limão. 
Amasse bem e adicione depois o sumo de metade do limão. Triture o chocolate de culinária e o negro em pequenos pedaços e junte a massa.
Amasse manualmente e forme uma bola, junte os pedaços de lascas de chocolate e forme um rolo com a massa. Embrulhe em papel celofane e leve ao congelador por 30 minutos. 
Passado esse tempo retire o papel celofane e corte a massa em pequenas rodelas, disponha no tabuleiro e leve os biscoitos ao forno por oito a nove minutos. 
Deixe arrefecer antes de retirá-los do tabuleiro. 

http://preguicanacozinha.blogspot.pt/

http://preguicanacozinha.blogspot.pt/

sexta-feira, 31 de Maio de 2013

Checklist de junho 2013

Este é o meu mês de férias. No meu emprego e no do meu marido é muito difícil tirar férias no mês de agosto e como este ano o mês de julho já tinha sido selecionado, escolhi o de junho. Só espero é que esteja melhor tempo…
Segue o meu checklist para o mês de junho, com muito poucos afazeres, pois férias são férias… 


  1. Verificar a checklist do mês anterior, se não conclui algum dos itens e ainda estou a tempo, concluo de imediato.
  2. Efetuar o controlo de despesas do mês e verificar o controlo do mês passado.
  3. Organizar 4 receitas e 2 dicas para o blog.
  4. Verificar data de aniversariantes do mês.
  5. Fazer 1 hora exercício, pelo menos 3x por semana
  6. Como não estou a perder peso, quero fazer um mapa de registo das minhas refeições. Assim vou tentar descobrir porque não tenho emagrecido.
  7. Ler pelo menos um livro.
  8. Visitar pelo menos 5 blogs que me seguem, por semana.
  9. Preparar um jantar especial para amigos.
  10. Agendar uma consulta ao dentista para mim e para o meu marido.
  11. Não comer chocolate todo o mês (inclui achocolatados)
  12. Guardar as restantes roupas de inverno que ainda tenho a uso (se o tempo ajudar…)
  13. Ir de férias descansadinha.
Bem simples...

terça-feira, 21 de Maio de 2013

162 - Bolo de Kiwi

Como já devem ter percebido pela minha etiquetagem de receitas, cá por casa somos uns bolos-ó-dependentes. 
Gosto de os fazer simples, pois assim o meu marido pode levar na lancheira para o trabalho dentro de um saco, sem se preocupar com recheios ou coberturas.
Com kiwis em casa, decidi procurar uma receita com este fruto e assim encontrei esta receita  que reunia a simplicidade e o sabor.
De certeza que deve ser maravilhoso, mas efetuei uma pequena alteração, acrescentei à massa uma colher de sopa cheia de kiwi cortado, que esmagou ao bater os ingredientes. Não sei se fez diferença, mas estava muito saboroso.


Bolo de Kiwi

Ingredientes:
  • 125 de margarina (derretida)
  • 175g de açúcar branco
  • 3 ovos
  • 2 Kiwis médios
  • 175g de farinha de trigo
  • 1 colher de chá de fermento


Preparação:

Ligue o forno a 170.º C. Unte com manteiga e polvilhe com farinha uma forma de buraco de 20 cm e reserve. Descasque os kiwis e corte-os em pequenos pedaços. Na batedeira, misture a margarina o açúcar e os ovos e bata até ficar um creme homogéneo. Misture a farinha com o fermento e vá acrescentando à massa doseadamente com uma colher de sopa. Junte uma colher de sopa bem cheia de kiwis cortados. 
Verta metade da massa na forma e cubra com os kiwis, agora, revista os Kiwis com a restante massa.
Leve ao forno durante cerca de 50 minutos. Vá verificando e faça o teste do palito.

 
Bolo de Kiwi
Preguiça na Cozinha